quinta-feira, 6 de novembro de 2008

CLAMA!

Uma voz diz: Clama;
e alguém disse:
Que hei de clamar?
Toda a carne é erva e toda a sua beleza como a flor do campo.
Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.

Nenhum comentário: